“O universal é o local sem paredes.” (Miguel Torga) "Escrever é um ato de liberdade." (Antônio Callado) "Embora nem todo filho da puta seja censor,todo censor é filho da puta." (Julio Saraiva)

sexta-feira, 19 de março de 2010

LET'S PLAY THAT

quando eu nasci
um anjo louco muito louco
veio ler a minha mão
não era um anjo barroco
era um anjo muito louco, torto
com asas de avião
eis que esse anjo me disse
apertando a minha mão
com um sorriso entre dentes
vai bicho desafinar
o coro dos contentes
let's play that!

_________________
Torquato Neto,
Teresina, Piauí, 1944
Rio de Janeiro, 1972
_______________

Um comentário:

  1. Um poema fundamental; caso para dizer : play it again, Torquato. Obrigado

    ResponderExcluir

Compartilhe o Currupião