“O universal é o local sem paredes.” (Miguel Torga) "Escrever é um ato de liberdade." (Antônio Callado) "Embora nem todo filho da puta seja censor,todo censor é filho da puta." (Julio Saraiva)

quinta-feira, 20 de maio de 2010

A FLOR E O ESPINHO

Tire o seu sorriso do caminho
Que eu quero passar com a minha dor
Hoje pra você eu sou espinho
Espinho não machuca a flor
Eu só errei quando juntei minha alma à sua
O sol não pode viver perto da lua
É no espelho que eu vejo a minha mágoa
A minha dor e os meus olhos rasos d'agua
Eu na sua vida já fui uma flor
Hoje sou espinho em seu amor...

http://www.youtube.com/watch?v=lFYDp0jhrhw


_______________________________________________
Nelson Cavaquinho, Guilherme de Brito e Alcides Caminha,
poetas e compositores populares, Rio de Janeiro, Brasil, Mundo.
Não coloco a música, que é linda, e nem  a foto dos três, porque
não sei colocar. Sou péssimo em computador.
_________________________________________________

2 comentários:

  1. Musica e poesia

    Gostei muito

    beijinho
    ISa.

    ResponderExcluir
  2. obrigado, isa. eles foram geniais.

    carinho,

    j.

    ResponderExcluir

Compartilhe o Currupião